Together We Protect – Zoomarine

3 Socorros Lusitanos, 1 Ajuda Mundial

Na história do nosso planeta há espécies que registaram muito dramáticos e/ou curtos percursos ecológicos. E a pomba-de-Socorro (Zenaida graysoni) parecia destinada a um desses tristes rodapés da história biológica da Terra. No entanto, graças ao trabalho cooperativo de alguns zoos progressistas, há uma espécie de aves que talvez consiga salvar-se de uma “crónica de morte anunciada” – e, por isso mesmo, o dia 13 de setembro de 2021 será mais um dia bonito na história da Conservação da Natureza em Portugal.

Extinta no meio selvagem desde 1972, já só existem 161 indivíduos desta espécie em todo o Mundo. Atualmente, toda a população mundial das pombas-de-Socorro encontra-se distribuída por apenas 35 zoológicos progressistas (30 na Europa e 05 na América do Norte). E o Zoomarine passará a fazer parte do muito honroso e diminuto grupo que tem como árdua e delicada tarefa ser a “Arca de Noé” para uma das espécies [de aves e não só…] mais ameaçadas no Mundo.

Desta forma, e numa tentativa de contribuir para esta urgente acção de conservação, na próxima segunda-feira chegarão ao Zoomarine 03 machos desta espécie, provenientes do Zoo de Ostrava (República Checa). Estas aves, que passarão a viver no habitat ‘Américas’, representam cerca de 02% da população mundial – algo que é, simultaneamente, um delicioso desafio e uma profunda responsabilidade.

Este trio nasceu ao longo de 2020, no âmbito do EEP – European Endangered Species Programme [EAZA Ex situ Programme], um esforço cooperativo internacional, coordenado pela Associação Europeia de Zoos e Aquários, da qual o Zoomarine faz parte (e cujo congresso mundial terá lugar precisamente no Zoomarine, no final de setembro de 2022).

Compreensivelmente, 03 aves poderão parecer muito, muito pouco… Mas para uma espécie que está mesmo no limiar da extinção, um único exemplar poderá, genética, ecológica e etologicamente, significar a diferença entre uma trágica e injusta extinção, ou um feliz e merecido sucesso. Assim sendo, e no que depender do Zoomarine e das suas equipas de biólogos, veterinários, curadores, técnicos de bem-estar, nutricionistas, et cetera, Portugal vai ajudar a escrever uma página importante na história da Conservação da Natureza.

Entretanto, a futura chegada de fêmeas será uma etapa fundamental para assegurar o início de mais uma colónia reprodutiva– mas tal etapa apenas acontecerá depois de garantida a boa e completa aclimatação dos jovens machos.

O sonho será, um dia, a reintrodução, com a ajuda do Zoomarine, desta espécie no meio selvagem, ou seja, na Ilha de Socorro (localizada a 600 km a oeste da costa do México, no arquipélago de Revillagigedo); no entanto, e até lá, muito terá que mudar na forma como os Humanos tratam este planeta e, em particular, as espécies raras e sensíveis, e os habitats frágeis, como é o caso desta pomba e da Ilha que lhe deu tão irónico nome.

Entretanto, muito bem-vindos sejam a Portugal, rapazes! Que os magníficos ares do Algarve facilmente incentivem o romance que necessitamos para reescrever um destino que poderia ser trágico, mas que, graças a zoos modernos e ao trabalho em equipa, ainda é esperançoso

Galeria de imagens:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments