Noticias
Educação

"Marcar o universo da Educação Ambiental em Portugal, contribuindo para o incremento, qualitativo e quantitativo, da consciência ambiental, através de uma forte mensagem educacional.

Ser um veículo de mudança de consciências e atitudes, consistentes com as novas realidades ambientais do planeta, tendo sempre presente que a Natureza é o espelho da Humanidade."

 
Com base nos princípios que norteiam a atividade do Zoomarine (Educação, Ciência, Conservação e Entretenimento), o Departamento Educacional desenvolve, continuamente e ao longo de todo o ano, um conjunto de ações pedagógicas dirigidas a todos os nossos visitantes, quaisquer que sejam as suas idades.


Entre os vários programas destinados a grupos escolares e ao público em geral, o Departamento Educacional tem vindo a desenvolver e implementar programas originais, que unem as várias perspectivas incontornáveis neste tipo de espaços: o Entretenimento e a Educação. Desta fusão resultam projectos tão díspares (e, ao mesmo tempo, tão complementares), como os Educadores Nómadas, as Apresentações Didáticas, as Sessões Educacionais, Visitas Guiadas, assim como materiais pedagógicos variados, dedicados aos vários grupos taxonómicos e, naturalmente, idealizados para os diferentes grupos etários (3 a 5, 6 a 8, 9 a 12, 13 a 16 e adultos).

A Família Zoomarine

Gostaria de conhecer mais acerca de algumas espécies que compõem a Natureza?
Então, o Zoomarine é uma excelente opção para satisfazer tal curiosidade.
 
O Zoomarine alberga uma grande variedade de espécies de mamíferos marinhos, aves, répteis, peixes, invertebrados e plantas, encontradas um pouco por todo o mundo. Numa rápida viagem, descubra um conjunto de características que tornam os habitantes do Zoomarine particularmente interessantes.
     

Aves

As aves são o segundo grupo mais representativo entre os vertebrados, sendo apenas superadas pelos peixes. Os elementos deste grupo encontram-se distribuídos por todo o planeta, sendo conhecidas mais de 9600 espécies. Todas as aves têm em comum os seguintes aspectos: são endotérmicas (de sangue quente); são pulmonadas; têm o corpo coberto por penas; têm ossos ocos e bico; são ovíparas; têm os membros anteriores adaptados ao voo; e têm as patas cobertas por escamas.
 
O corpo revestido por penas é um dos aspectos mais emblemáticos deste grupo. Para além da função de revestimento, as penas desempenham ainda um papel fundamental no voo.

  

No grupo das aves podemos encontrar vários regimes alimentares, de carnívoros a frugívoros, o que vai condicionar em muito a forma do bico de espécie para espécie. Para capturarem o seu alimento as aves recorrem aos seus sentidos. O olfato da maioria das aves é, no entanto, pouco desenvolvido.

 

Mamíferos Marinhos

Os mamíferos marinhos possuem todas as características de um mamífero, que as diferenciam dos restantes grupos zoológicos: são animais de sangue quente (homeotérmicos), com a capacidade de manter a sua temperatura corporal constante; possuem pêlo; respiram por pulmões; são vivíparos; e alimentam as suas crias com leite.

 
São conhecidos como mamíferos marinhos porque dependem dos oceanos para se alimentarem. Como tal, este grupo possui adaptações especiais, adaptações estas adquiridas ao longo do seu processo evolutivo, que os tornam extremamente bem adaptados a este meio: possuem uma camada de gordura que lhes confere hidrodinamismo, facilitando a natação e ajudando na manutenção da sua temperatura e os seus membros deram origem a barbatanas; possuem características especiais que lhes permitem mergulhar a grandes profundidades durante longos períodos, conservando o oxigénio necessário à respiração.

 
Todos os mamíferos marinhos descendem de ancestrais terrestres, que viram nos oceanos uma oportunidade de escapar a predadores e uma fonte adicional de alimento.
 
Existem 5 grupos distintos de mamíferos marinhos, que compreendem um total de cerca de 120 espécies: pinípedes (focas, leões-marinhos, otárias e uma única espécie de morsa); cetáceos (baleias e golfinhos); sirenídeos (manatins e o dugongo); lontras marinhas e, por fim, os ursos polares.

Répteis

Os répteis, que pertencem ao grupo dos vertebrados pulmonados, têm o corpo revestido por escamas, sendo esta uma das suas principais características.


Os elementos deste grupo não têm a capacidade de regular a temperatura do corpo, sendo assim classificados como ectotérmicos (de sangue frio). Esta característica faz com que, durante o processo evolutivo, tenham adoptado comportamentos que permitem regular a sua temperatura interna.


No grupo dos répteis estão incluídas, por exemplo, as tartarugas, os crocodilídeos, as cobras e lagartos.